RECOMENDAÇÃO PUPRO

 
O impacto do elevado número de doentes internados em cuidados intensivos com SDRA por COVID-19 levará a uma carga acrescida de stress a estas equipas de saúde.

Pela gravidade das situações clínicas que se desenvolvem, associado a técnicas que colocam em maior risco de desenvolvimento de UPP (ventilação mecânica invasiva com pressões positivas, posicionamento em prono, ECMO, uso de aminas vasoconstritoras para tratamento de sépsis e choque, etc.), maior stress das equipas de cuidados intensivos (medo de contágio, sobrecarga de trabalho, integração rápida de novos elementos com pouca experiência, adaptação de novos espaços, etc.), será previsível um aumento da incidência de UPP em doentes internados em cuidados intensivos por condições clínicas associadas ao SARS - CoV2.

A APTFeridas elaborou este documento de recomendações, de forma a ir ao encontro desta emergência e, com isto, dar o seu contributo para melhores cuidados de saúde ao doente crítico por SARS - CoV2.




Ajude-nos a divulgá-lo!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------



EvtKey versão 3.0.0.0 | Licenciado a APTFERIDAS | Desenhado e Desenvolvido por EventKey | Copyright 2019 APTFeridas